Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

75% das famílias têm casa própria e um terço está a pagá-la ao banco

Tiago Miranda

Mais de 40 anos de congelamento das rendas em Lisboa e Porto conduziu a que a esmagadora maioria dos portugueses fosse obrigado a comprar casa própria, recorrendo para isso, em larga medida, ao crédito bancário. O enorme endividamento das famílias vem precisamente desta situação, muito mais do que da aquisição de outros bens de consumo.

Setenta e cinco por cento das famílias portuguesas eram proprietárias das casas onde viviam em 2013. Não admira, por isso, que a compra da casa seja a principal origem das dívidas dos portugueses e que um terço das famílias a tinha dado como garantia dos financiamentos bancários para a adquirir em 2013. Os dados constam do inquérito à situação financeira das famílias, realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e o Banco de Portugal, divulgado esta quarta-feira.

O valor mediano da dívida hipotecária associada à residência principal era de 63,7 mil euros em 2013, aumentando com os níveis de rendimento e com o nível de escolaridade. Ou seja, quanto mais ricas e mais habilitações têm as famílias, maior tenderá a ser o valor em dívida pela casa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)