Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Todos elogiam e todos criticam pedido de contas a Espanha sobre central nuclear

  • 333

Central Nuclear de Almaraz, nas margens do Tejo

tiago miranda

Pela primeira vez em quase 40 anos, Portugal parece interessado em “ter voz ativa” sobre a central nuclear de Almaraz. Afirmam-no vários deputados ao Expresso após o anúncio de que o Governo pediu uma reunião urgente para debater o novo depósito de resíduos radioativos e o prolongamento de vida da central por mais 20 anos. Mas não faltam críticas

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Perante o que chamou de “facto novo” e do qual teve conhecimento pelos órgão de comunicação social, o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, anunciou esta terça-feira ter pedido pelos canais diplomáticos “uma reunião com caráter de urgência” para falar sobre a central nuclear de Almaraz.

Em causa está a construção de um depósito de resíduos nucleares, cuja recente aprovação pelo Conselho de Segurança Nuclear (CSN) de Espanha “indicia que a central poderia permanecer ativa além da licença atual”, admite.

Um dia depois da comunicação do pedido de contas a Madrid, ainda não há resposta de Espanha e o Ministério português do Ambiente não tem mais nada a acrescentar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)