Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Aumento do IAS também faz subir (ligeiramente) subvenções dos partidos

  • 333

SUBIDA. O PS passará a receber mais 38 mil euros por ano de subvenção anual para financiamento e campanhas eleitorais

GONÇALO ROSA DA SILVA

Acréscimo de 0,7% no Indexante de Apoios Sociais (IAS) terá efeito marginal no cálculo das subvenções a que os partidos têm direito pelos votos que receberam em eleições. Legislativas de 2015 passam a “valer” mais 111 mil euros anuais a distribuir por nove partidos.

O aumento de cerca de 0,7% no Indexante de Apoios Sociais (IAS) — hoje confirmado pelo Governo e já avançado pelo Expresso na edição da semana passada — vai ter impacto em várias áreas onde este indexante é relevante para servir de cálculo. Vai, por exemplo, permitir rever em alta o salário mínimo nacional, aumentar várias prestações sociais e mexer com o cálculo de deduções em IRS. Mas terá também como efeito colateral uma pequena subida nas subvenções públicas que os partidos recebem para o seu financiamento e das campanhas eleitorais em que participam.

Tendo por base o cálculo das últimas eleições legislativas — e tomando como referência a provável subida de 0,7% no IAS, associada à inflação, hoje noticiada pelo “Negócios” — a subvenção anual a receber pelos nove partidos que cumprem os requisitos previstos na lei do financiamento partidário deverá subir pouco mais de 111 mil euros, para um bolo total de 15,686 milhões de euros anuais.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)