Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Cristas decidiu anúncio a Lisboa no próprio dia

  • 333

CHAPÉUS HÁ MUITOS. Depois de assumir a liderança do CDS, Assunção Cristas prepara-se agora para ser o rosto do partido na candidatura autárquica a Lisboa

Mário Cruz/Lusa

Há muito que era hipótese. Mas faltava a confirmação oficial. O “tabu” desfez-se no sábado: a presidente do CDS aproveitou a rentrée do partido para anunciar que é candidata à presidência da Câmara de Lisboa. A decisão já estava tomada mas o timing do anúncio só foi definido no própria dia, depois de uma ronda de telefonemas aos dirigentes mais próximos

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

Assunção Cristas só decidiu anunciar a candidatura à presidência da Câmara Municipal de Lisboa no sábado, poucas horas antes de subir ao palco, na rentrée oficial do CDS, em Oliveira do Bairro. A decisão de avançar há muito que estava tomada mas o timing para o fazer só ficou mesmo definido nesse dia, depois da líder centrista telefonar aos seus colaboradores mais próximos e obter “parecer positivo”.

A questão autárquica tinha sido objeto de discussão na reunião de quinta-feira à noite da Comissão Política do CDS, com alguns dirigentes a alertarem Cristas para os riscos de um mau resultado, caso decidisse mesmo avançar para Lisboa. Na Comissão Executiva, porém, já todos sabiam que a sua presidente estava mesmo decidida a enfrentar Fernando Medina nas eleições de outubro do próximo ano. Só faltava saber “quando” o anunciaria: antes ou depois de se entrar no calendário da discussão orçamental?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)