Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Tires: suspeito de triplo homicídio não demonstra emoções

  • 333

MORTAS. Os corpos de Michele Ferreira, Lidiana Santana e Thayane Dias foram encontrados no local de trabalho do suspeito do triplo homicídio, um hotel para cães e gatos em Tires, perto de Cascais

JOSÉ CARLOS CARVALHO

O suspeito dos crimes, Dinai Gomes, negou os homicídios em Tires e não está a colaborar com a investigação das autoridades de Minas Gerais

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Frieza. Dinai Alves Gomes, de 34 anos, suspeito de ter assassinado três mulheres num hotel para animais, em Tires (Cascais), não revelou qualquer tipo de emoções aos agentes da Polícia Federal (PF) de Belo Horizonte que o interrogaram esta segunda-feira. “Não demonstrou sentimentos, nem sequer de indignação por ser suspeito dos crimes”, conta ao Expresso o delegado Roberto Câmara, responsável pela investigação no Brasil.

O alegado homicida foi detido quando se encontrava a trabalhar “numa obra de construção”, dez dias depois do aparecimento dos corpos de Michele Ferreira, Lidiana Santana e Thayane Dias no local de trabalho de Dinai em Portugal. A PF cumpriu assim o mandado de prisão contra o imigrante que havia sido emitido pelas autoridades portuguesas no final de agosto.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)