Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Portugal perde €5,7 milhões por dia em IVA

  • 333

IMPOSTOS. O peso da cobrança de IVA nas receitas dos Estados-membros da União Euopeia é uma das razões para a Comissão Europeia apelar ao combate contra a fuga ao imposto

NUNO BOTELHO

Números foram divulgados esta terça-feira pela Comissão Europeia e são relativos a 2014. Apesar das perdas registadas, há indicadores positivos em Portugal. Na União Europeia, o valor de receitas de IVA não cobradas foi de 160 mil milhões de euros (€437 milhões por dia). Entre os casos positivos, destaque para a Suécia, onde quase não há fuga

Raquel Albuquerque

Raquel Albuquerque

texto

Jornalista

Olavo Cruz

Olavo Cruz

infografia

Portugal perdeu 5,7 milhões de euros por dia em 2014 na fuga ao IVA, ou seja, em receitas que não chegou a receber. Ao longo de um ano, a perda chegou aos 2093 milhões de euros, segundo os números divulgados esta terça-feira pela Comissão Europeia, que tem vindo a apelar a uma reforma do sistema do IVA, de maneira a aumentar a sua eficácia e combater a fraude.

Os dados europeus mostram que no caso português as receitas com IVA (imposto sobre o valor acrescentado) chegaram aos 14.672 milhões de euros em 2014, mas o valor total esperado era de 16.766 milhões. O que ficou por receber, ou seja, a diferença entre as receitas esperadas e o montante efetivamente cobrado – o chamado ‘desvio’ de IVA – chegou aos 2093 milhões de euros (representando 12% das receitas esperadas).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)