Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Uma desventura de Trump no país dos “traficantes, criminosos e violadores”

  • 333

stephff (ilustração)

O candidato republicano fez uma rápida visita ao presidente do México, horas antes de apresentar os seus dez pontos para lidar com a migração ilegal

Luís M. Faria

(texto), Stephff (ilustração)

Jornalista

Donald Trump anda há mais de um ano a prometer que vai expulsar todos os migrantes ilegais que residem nos EUA. Entre os 11,5 milhões de pessoas que se encontram nessa situação, destacam-se, como um grupo proeminente, os mexicanos. Quando lançou a sua campanha, o candidato republicano descreveu-os como traficantes, criminosos e violadores; “e alguns, suponho, são boas pessoas”, acrescentou.

Essas palavras tornaram-no uma figura de ódio no México. Mas quando há dias Enrique Peña Nieto, o atual presidente do país, o convidou e à sua rival para o visitarem, Trump decidiu aceitar.

A visita aconteceu quarta-feira, antes de um discurso sobre, justamente, o tema da migração – um discurso feito no Arizona e apresentado como um dos mais importantes do candidato.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)