Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Serviço Nacional de Saúde com primeiro saldo positivo desde janeiro

  • 333

RECUPERAÇÃO. Contas do SNS até julho melhoraram face ao ano passado

Nuno Fox

Após seis meses consecutivos de um saldo orçamental negativo, o SNS alcançou em julho um excedente entre receitas e despesas

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) fechou o mês de julho com um excedente orçamental de 1,7 milhões de euros, o primeiro saldo positivo dos últimos seis meses. Este ano apenas em janeiro o SNS tinha obtido um resultado positivo entre receitas e despesas, mostram os dados publicados pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

O saldo apurado no final de julho evidencia uma melhoria das contas públicas no que à saúde diz respeito: em julho de 2015 o SNS tinha um défice orçamental de 71,8 milhões de euros. O Ministério da Saúde avalia a execução com satisfação, mas sem triunfalismo. “A execução orçamental do SNS segue a trajetória prevista e enquadra-se dentro dos objetivos definidos pelo Governo no Orçamento do Estado para 2016”, comentou fonte do gabinete do ministro da Saúde em resposta a perguntas colocadas pelo Expresso.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Médicos querem SNS tratado como a Caixa Geral de Depósitos

    Sindicato Independente dos Médicos enviou ofício ao ministro da Saúde para que o ‘remédio’ administrado aos funcionários do banco estatal, para travar a saída para o sector privado, seja igualmente prescrito aos clínicos do Serviço Nacional de Saúde