Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

E à terceira jornada já se bate nos árbitros

  • 333

PAUSA. Liga entra em modo de pausa até 9 de setembro para dar lugar aos jogos da seleção, intervalo que servirá para arrefecer os ânimos já acesos dos grandes

lusa

Ainda a Liga vai no adro e coro de críticas aos árbitros já começou a subir. Depois do Benfica vetar o árbitro Manuel Oliveira para os jogos da Luz, este domingo, no rescaldo da derrota (2-1) fo Futebol Clube do Porto em Alvalade foi a vez de Nuno Espírito Santo se atirar ao árbitro Tiago Martins. É o prenúncio de uma época quente

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Decorridas apenas três jornadas, só as gentes do Sporting estão ainda em lua de mel, provavelmente até a um próximo desaire, com os sempre odiados homens do apito. Apesar dos esforços de Pedro Proença para fomentar o fair-play, com a criação de processos disciplinares e penalizações a quem ousar incendiar o campeonato, a contestação à arbitragem já anda no ar, detonada pelo empate na Luz com o Vitória de Setúbal, há uma semana, e, ontem, com a derrota mal digerida pelo FC Porto no primeiro clássico da época.

Num jogo que arrancou bem para os Dragões, com um golo do recém-contratado Felipe, a equipa de Jorge Jesus, mais experiente, acabou por dar a volta ao resultado, com golos de Slimani e Gelson, dois golos que, segundo Nuno Espírito Santo, foram concebidos em faltas não assinaladas pelo árbitro internacional Tiago Martins.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)