Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Todos à espera do discurso da mais poderosa banqueira do mundo

  • 333

JANET YELLEN. A equipa da presidente da Fed está entre a pressão política de aumentar as taxas de juro e desligar-se de vez de uma política monetária ainda com resquícios de estímulos que só alimentam o risco e ‘bolhas’ em algumas áreas financeiras

getti images

A presidente do banco central norte-americano fala esta sexta-feira num simpósio anual que já é considerado o “Davos” dos decisores da política monetária mundial. Os investidores e analistas financeiros estão suspensos à espera de saber se a Fed vai aumentar as taxas de juro ainda este ano. Os mercados de futuros duvidam

A questão que domina o horizonte dos mercados financeiros é simples: o mais poderoso banco central do mundo vai ainda este ano subir as taxas de juro ou não? Os analistas e os investidores estão em suspenso à espera de que ‘sinais’ poderá dar a presidente da Reserva Federal norte-americana (Fed), a economista Janet Yellen, no discurso que vai proferir esta sexta-feira pelas 16h (hora de Portugal) no simpósio de Jackson Hole nos Estados Unidos, um encontro que já é considerado como o “Davos” de verão.

No encontro do ano passado, Yellen não participou, deixando o palco ao seu número dois, Stanley Fisher, que preanunciou a subida das taxas de juro na reunião de 15 e 16 de dezembro, alegando que não era precisa uma descolagem da inflação para tomar tal decisão. Na altura, a inflação nos EUA estava em 0,2% e desceria inclusive para 0% em setembro. Subiria até 1,4% em janeiro de 2016. A semana de dezembro de subida das taxas de juro saldou-se por uma quebra mundial ligeira das bolsas, de 0,03%, e um recuo de 0,34% em Wall Street. Os mais resilientes foram os mercados emergentes, cujas bolsas ganharam 2%. A Europa registou um ganho ligeiro de 0,1%.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)