Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Marcelo forçou explicações de Centeno sobre a Caixa

  • 333

Marcelo já veio do Algarve, forçou explicações do Governo sobre a Caixa e quer tomar o pulso aos restantes dossiês quentes do verão. Fartou-se de falar ao telefone com Costa em agosto mas o primeiro encontro pós-férias é sexta-feira. A agenda promete: Galp, CGD, Ponte de Sor, incêndios, Orçamento. Catarina “arrependida” é o menos

As explicações de Mário Centeno, marcadas para a tarde desta quarta-feira, sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD), vêm ao encontro do que o Presidente da República pediu a António Costa: que encerrasse quanto antes o folhetim Caixa, que deixasse cair a alteração legal que chegou a ser pensada para contornar o veto a oito novos administradores do banco público e que sinalizasse, para dentro e fora do país, que o assunto CGD está prestes a ser fechado (sobre a Caixa ler mais informação AQUI).

Regressado a Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa manteve-se esta quarta-feira em contacto com o primeiro-ministro e acompanhou de perto a preparação da comunicação ao país que o ministro das Finanças decidiu fazer sobre o banco público. O Presidente volta esta quinta-feira à estrada (com uma visita a Viseu) depois de umas curtas férias atropeladas por sucessivos “fogos” políticos que o obrigaram a manter contacto telefónico quase permanente com o primeiro-ministro. E voltou disposto a acertar agulhas e a ouvir explicações de Costa sobre os casos políticos que incendiaram o verão.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Injeção de capital na Caixa não entra no défice

    Porta-voz da Comissão Europeia confirma luz verde à operação de recapitalização e refere que será feita em “condições de mercado”, o que a retira da despesa pública e impede que seja classificada como ajuda de Estado