Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Paredes de Coura: com a prata da casa se fez ouro

ÚNICO! Os LCD Soundsystem subiram ao pódio do Paredes de Coura 2016

rita carmo

Com muitas bandas que já tinham sido felizes na vila minhota se criou o sucesso da edição deste ano de Paredes de Coura — o mais mimoso dos grandes festivais

Lia Pereira

Lia Pereira

Texto

Jornalista

Rita Carmo

Rita Carmo

Fotos

Fotojornalista

Kristian Matsson sonha com Paredes de Coura desde a primeira vez que tocou no anfiteatro natural do Taboão. “A sério, há coisas que só posso fazer aqui”, confessou o sueco mais conhecido como Tallest Man on Earth, durante o concerto de sábado à noite. Perante uma plateia de gente sentada, e em muitos casos provavelmente cansada, o cantor e compositor sentiu tanta confiança no público que tinha pela frente que arriscou oferecer-lhe umas quantas canções a solo, dispensando por breves minutos a banda que o acompanhava.

O cenário é insólito: na última noite de um grande festival, um mar de gente acompanha as cantigas pacatas de um artista não espetacularmente conhecido, com um respeito tão palpável que comoveu o próprio músico. Kristian saiu de palco visivelmente emocionado, de mão no peito e Paredes de Coura mais uma vez no coração.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)