Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O Presidente que se sucede sempre a si próprio

  • 333

Getty

Pela sexta vez consecutiva, José Eduardo dos Santos é o candidato único à liderança do MPLA – Movimento Popular de Libertação de Angola. Há 37 anos no poder, depois de suceder ao histórico fundador e primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, Dos Santos enfrenta atualmente uma dificílima situação económica, a contestação social de jovens ativistas e vozes críticas dentro do seu partido, dando sinais de incapacidade para conseguir uma renovação geracional no comité central do MPLA

Nicolau Santos

Nicolau Santos

Diretor-Adjunto

O Presidente angolano não pode ser seguramente responsabilizado pela quebra dos preços do petróleo que estão a afetar severamente a economia desde há um ano. Mas pode e deve ser responsabilizado pela total incapacidade dos sucessivos governos que liderou para apostar seriamente na diversificação da estrutura produtiva o que, se tivesse acontecido, diminuiria os impactos negativos da quebra das receitas do ouro negro.

Depois, o MPLA tem-se mostrado incapaz de satisfazer os anseios das gerações mais jovens, que não se reveem na longuíssima liderança de Dos Santos e no enriquecimento obsceno dos que lhe são mais próximos, enquanto a esmagadora maioria da população continua a viver com extremas dificuldades.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)