Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Volta o fantasma das terceiras eleições

  • 333

IMPASSE Sánchez diz que falará com Rajoy as vezes que for preciso mas não viabilizará a sua investidura F

FOTO SUSANA VERA / REUTERS

Reunião desta terça-feira entre o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, e o líder socialista, Pedro Sánchez, só serviu para confirmar o bloqueio entre ambos. O país está há nove meses com um Governo de gestão

O que se faz quando se ganha as eleições sem maioria absoluta e não se consegue o apoio de outros partidos para governar? Tenta-se negociar, dizem as regras da democracia parlamentar. Mas também se dramatiza. Foi o que fez hoje o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, face à recusa de Pedro Sánchez, secretário-geral do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE, social-democrata) em viabilizar a sua recondução. “Se o senhor Sánchez se mantiver no ‘não’, voltaremos a repetir as eleições”, afirmou Rajoy, líder do Partido Popular (PP, direita), depois de uma reunião infrutífera com o socialista. Estiveram juntos menos de uma hora.

O governante quis, ainda assim, frisar que não deseja esse desfecho. Os espanhóis votaram em legislativas a 20 de dezembro do ano passado e a 26 de junho último, o que significa que o país está há nove meses com um Executivo de gestão.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)