Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

SIC contesta lei do silêncio para dirigentes de clubes em programas de futebol

  • 333

Estação de Carnaxide diz que o novo regulamento que estipula multas até €3.442,50 para dirigentes de clubes ou SAD que participem em painéis de debate sobre futebol coloca em causa o direito à liberdade de expressão. Rui Gomes da Silva e Augusto Inácio deverão continuar, para já, nos programas da SIC

O novo regulamento da Liga de Clubes que proíbe a participação de dirigentes de clubes e de sociedades anónimas desportivas (SAD) em programas de debate sobre futebol vai ser contestado pela SIC. O canal do grupo Impresa — proprietário do Expresso — já entregou o assunto ao seu departamento jurídico e prepara-se para não acatar esta nova lei, por entender que a sua aplicação coloca em causa o direito à liberdade de expressão.

A informação foi confirmada ao Expresso pelo diretor de informação da SIC, Ricardo Costa, que garante que enquanto o assunto for discutido nas instâncias judiciais os painéis de debate sobre futebol emitidos na SIC Notícia voltarão ao ativo — em meados de agosto, com o arranque das competições de futebol em Portugal —, sem quaisquer alterações motivadas por este novo regulamento da Liga. Ou seja, o vice-presidente da direção do Benfica, Rui Gomes da Silva, vai manter-se no painel do programa “Dia Seguinte”, emitido às segundas-feiras à noite, e o diretor de relações internacionais do Sporting, Augusto Inácio, continuará no painel do programa “Play Off”, emitido aos domingos à noite.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)