Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O relatório Banif em 3 críticas e 16 recomendações

  • 333

EURICO BRILHANTE DIAS Relator da comissão de inquérito ao Banif apresentou esta sexta-feira as suas principais conclusões

FOTO GONÇALO ROSA DA SILVA

Esboço do relatório da comissão parlamentar de inquérito foi apresentado esta sexta-feira pelo deputados socialista Eurico Brilhante Dias e será discutido segunda-feira com os deputados da comissão. PSD critica a “leitura muito seletiva” das conclusões

Os trabalhos da comissão parlamentar de inquérito (CPI) ao processo que conduziu à resolução do Banif tiveram 37 reuniões — de 3 de fevereiro a 21 de junho de 2016 —, com uma duração global de 104 horas e 27 minutos. E motivaram 33 audições — entre 29 de março e 21 de junho de 2016 —, com uma duração total de 101 horas e 33 minutos. No fim, deram origem a um esboço de relatório com 471 páginas e que distribui culpas por vários protagonistas.

Um mês depois da última audição, o relator da CPI, o deputado socialista Eurico Brilhante Dias, enviou às 23h59 desta quinta-feira para todos os grupos parlamentares o seu esboço de relatório. E esta sexta-feira de manhã promoveu uma conferência de imprensa no Parlamento para apresentar as conclusões gerais do seu trabalho e na qual sintetizou três componentes principais na mistura explosiva que redundou na resolução do Banif: a má organização estrutural do banco e os erros estratégicos de acionistas e administradores; as falhas na supervisão do Banco de Portugal; e a incapacidade do anterior Governo PSD-CDS para aprovar junto das instâncias europeias um plano de reestruturação que resolvesse o problema. Um problema que se foi adensando até chegar à “situação de urgência” que se verificou no final de 2015. E que originou a resolução anunciada pelo atual Governo, a 20 de dezembro de 2015, pressionado pelas exigências europeias.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)