Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O filme de 2003. O que eles disseram sobre a guerra do Iraque

  • 333

Treze anos depois da invasão do Iraque, Durão Barroso, Paulo Portas, António Martins da Cruz e Jorge Sampaio foram chamados ao Parlamento para prestar esclarecimentos sobre o envolvimento de Portugal na guerra. Mas o que disseram na altura sobre o Iraque?

Durão Barroso ocupava o cargo de primeiro-ministro em 2003 quando se realizou nos Açores a Cimeira das Lajes, que reuniu George W. Bush, o presidente norte-americano, Tony Blair, primeiro-ministro inglês, e José María Aznar, o homólogo espanhol. O encontro marcou a decisão de invadir o Iraque: quatro dias depois, a 20 de março, arrancaria a intervenção militar.

Mas o que é que então, em 2003, Barroso e os outros protagonistas que agora são chamados a ir ao Parlamento explicar o seu envolvimento (Paulo Portas, Martins da Cruz e Jorge Sampaio) disseram sobre a guerra no Iraque?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)