Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A história de Marcus, ou como a namorada lhe devolveu o sorriso

  • 333

SONHO. Este ano, Marcus Willis tinha ganho 60 euros nos torneios que disputou. Em Wimbledon já recebeu 32 mil

JUSTIN SETTERFIELD / GETTY IMAGES

Marcus Willis já tinha desistido do ténis e andava a treinar miúdos quando tentou e conseguiu o impossível e nunca antes alcançado por alguém como ele: um lugar no torneio de Wimbledon. E a culpa é de uma mulher

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

Há muitos tipos de vitória. E o primeiro vencedor de Wimbledon tem peso a mais, dinheiro a menos e uma namorada dentista que devia ter sido psicóloga. Marcus Willis, um inglês de 25 anos que chegou a ser um júnior promissor, deixou-se dobrar pelas lesões e pela falta de dinheiro e é treinador no Warwick Boat Club, um bonito clube de Birmingham onde se pode fazer remo, jogar bowls (uma espécie de petanca na relva), beber chá ou bater bolas num dos onze courts rodeados por casinhas pintadas de branco.

Willis dava aulas a miúdos e ocasionalmente treinava jogadores profissionais quando conheceu Jenny, uma dentista que o convenceu a voltar a tentar a sorte no circuito profissional de ténis. “Ela é um amor: disse-me que eu seria um idiota se desistisse”, contou Willis ao “Guardian”. “Estava decidido a ir para a América. Mas ela é muito, muito positiva e foi ela que me ensinou a pensar como deve ser.”

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)