Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O texto de Sérgio Conceição que tem de ler: o segredo para libertar Ronaldo (e a equipa)

  • 333

FRANCISCO LEONG/afp/getty images

Ronaldo chuta, bate livres, marca penáltis, faz os golos e as assistências. E isso é bom. Mas podia ser óptimo se outros tentassem fazer o que ele faz, porque isso retira pressão a CR7 e beneficia a equipa. Falámos com Sérgio Conceição, que sabe o que é estar numa equipa com um Bola de Ouro. “Às vezes, é melhor não passar a bola ao Ronaldo e chutar. Se correr mal, paciência”

texto de Sérgio Conceição (a partir de um depoimento recolhido por Pedro Candeias)

Eu fiz parte daquela Geração de Ouro mesmo não tendo nascido nela. Era mais novo do que eles. Mais novo que o Jorge Costa, que o Figo, que o Fernando Couto, que o Paulo Sousa, que o Rui Costa, que o Baía.

Quando lá cheguei eram esses que lideravam a seleção; o Figo, que era um Bola de Ouro, estava um pouco mais à frente dos outros.

Mas todos eles mandavam, as coisas não eram decididas por este ou por aquele, nem sempre se chegava a consenso, nem sempre as relações eram fáceis – muitas vezes havia chatices e discussões.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)