Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Bruxelas ainda não teve reporte do Governo sobre ativos 'tóxicos' do Banif

  • 333

OLIVIER HOSLET / EPA

Na sua resposta à comissão parlamentar de inquérito do Banif a Comissão Europeia deixou várias críticas sobre o banco, mas não só. Também alertou que o Governo ainda não criou a entidade de acompanhamento da Oitante, o veículo que ficou com os ativos que o Santander Totta não quis comprar e não ficaram no Banif 'mau'

Portugal ainda não criou a equipa de acompanhamento para monitorizar os ativos problemáticos do Banif que o Santander Totta não quis e ficaram por isso num veículo, a Oitante. O aviso vem de Bruxelas.

Na carta de resposta da Comissão Europeia, assinada pela comissária da Concorrência, Margrethe Vestager, sobre as questões colocadas pelos deputados da comissão parlamentar de inquérito (CPI) à resolução e venda do Banif no final de dezembro, Bruxelas afirma, a uma dada altura, que volvidos seis meses após a resolução e venda do Banif, Portugal ainda não apontou um monitoring trustee (entidade de acompanhamento) para reportar o que está a ser feito na Oitante.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)