Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

História da mais louca revista do mundo

  • 333

MUDANÇA. O jornal passou a revista e em dez anos triplicou as vendas

Passam dez anos desde que saiu o primeiro número da revista BLITZ

TEXTO LIA PEREIRA, LUÍS GUERRA, MÁRIO RUI VIEIRA, MIGUEL CADETE e RODRIGO MADEIRA

Para celebrar o solstício de verão, o site www.politico.com publicava ontem um artigo em que anunciou a chegada do inverno. Para os jornais, bem entendido, tudo o que está a suceder por estes dias não deixa antever um futuro brilhante. A história é por demais conhecida: a internet, nas suas mais variadas mutações, está a dar cabo da imprensa escrita. Já sabíamos: a diferença é que agora é mesmo a sério.

Há dez anos também era assim. O jornal BLITZ, fundado havia 22 anos por Manuel Falcão, encontrava-se em grave situação. Tão grave que foi necessária uma operação de mudança de sexo. Ele passou a ser ela.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)