Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Abram alas para o maior cruzeiro de todos os tempos

  • 333

Tem tantos habitantes como muitas pequenas cidades. A sala de espetáculos leva mais pessoas do que o teatro nacional. E tem mais piscinas e escorregas do que muitos parques aquáticos. Mais do que um navio, é uma cidade sobre água que começou esta semana a cruzar os mares do Mediterrâneo. Está cansado do trabalho e apetece-lhe pelo menos sonhar com um cruzeiro? O Expresso entrou a bordo do Harmony of the Seas e mostra-lhe tudo o que pode encontrar lá dentro.

João Santos Duarte

João Santos Duarte

Texto e vídeos

Jornalista

Jaime Figueiredo

Jaime Figueiredo

Fotos e infografia

Infográfico

A primeira sensação é de estarmos perdidos. Há elevadores que sobem e descem numa azáfama constante. Corredores que não terminam. Portas que vão dar a um espaço exterior, depois ao interior e depois novamente ao exterior. Ruas que se prolongam por vários metros até dar a outras, que por sua vez vão dar a outras ainda. Espaços fechados e depois grandes áreas abertas. É como um labirinto gigante que aguarda por ser decifrado.

A segunda sensação é a de estarmos esmagados pela imensidão do espaço que nos rodeia. Isto é grande, mas mesmo grande, e tudo isto está sobre água. Estamos perdidos e esmagados, naqueles primeiros segundos em que entramos, mas a terceira sensação é de conforto. Tudo à volta é agradável: há piscinas e jacuzzis, há escorregas, há cafés e esplanadas , há teatros e campos de basquete e de mini golf. Mas isto não é nenhuma cidade, embora acabe até por sê-lo, se bem que em ponto pequeno. Isto tudo é um barco. O maior do mundo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)