Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Espião vai ser extraditado no fim de semana para Portugal

  • 333

CONTRAESPIONAGEM. Frederico Carvalhão Gil, fotografado em Kiev, capital da Ucrânia, em 2007

Apanhado em flagrante a vender informações secretas da NATO em Roma a um espião russo, o agente do SIS Frederico Carvalhão Gil será interrogado em Lisboa na próxima segunda-feira

O Tribunal da Relação de Roma não hesitou em dar luz verde ao processo de extradição para Portugal de um espião português e um espião russo que foram apanhados em flagrante na capital italiana a traficar documentos classificados da NATO a 21 de maio. Os dois agentes secretos foram detidos no decurso de uma operação relâmpago inédita, montada pela Polícia Judiciária (PJ), que trabalhou conjuntamente com o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), o Serviço de Informações e Segurança (SIS) e as autoridades italianas.

Frederico Carvalhão Gil, um agente secreto de 57 anos que trabalha para o SIS há quase 30 anos e chegou a chefiar uma equipa de contraespionagem, optou por não contestar a decisão da justiça italiana e será, por isso, extraditado para Portugal já este fim de semana, assim que estejam cumpridas todas as formalidades.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • O espião português que tem a vida (quase) toda no facebook

    Agente do SIS foi detido por suspeitas de espionagem a favor da Rússia - detenção aconteceu sexta-feira, autoridades confirmaram segunda-feira. Tinha, e continua a ter, uma página no Facebook em que publica fotografias suas atuais e antigas, fotos de viagens a vários países de Leste e imagens da história da Rússia. Quem disse que um espião tem de ser discreto?