Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Como é que se lida com uma tragédia destas?

  • 333

GESTOS. Mensagens para os desaparecidos do avião malaio desaparecido no início de 2014 colocadas num mural no aeroporto de Kuala Lumpur

getty

O mundo acordou com a notícia de que o voo MS804 da Egyptian Airlines, que levava 66 passageiros de Paris ao Cairo, se despenhou por razões ainda desconhecidas. Se o leitor ficou incrédulo com a tragédia, o que terão sentido os familiares das vítimas que viajavam naquele avião - incluindo um cidadão português? Falámos com psicólogos e psiquiatras para perceber o que se sente quando o impensável, o que parece só acontecer aos outros, abala a nossa vida

A manhã desta quinta-feira trouxe aos meios de comunicação social de todo o mundo mais uma tragédia, desta vez a dos 66 passageiros que seguiam no avião do voo MS804 da Egyptian Airlines de Paris com destino ao Cairo e que terão perdido a vida num incidente que ainda ninguém sabe explicar. Se para o leitor esta é uma informação pesada de digerir - sobretudo sabendo que um dos passageiros era um cidadão português -, o que será que sentem os familiares das vítimas?

Foi uma das imagens da manhã: os familiares dos passageiros do aparelho, que se terá despenhado ao largo da ilha grega de Karpathos, no mar Egeu, reuniram-se rapidamente nos aeroportos de Paris e do Cairo, com a polícia e os funcionários a levarem-nos para longe dos holofotes da imprensa. Segundo a BBC, França terá mesmo aberto logo durante a manhã um "centro de crise" na sua embaixada na capital egípcia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)