Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Não há festa como esta

  • 333

FINLANDÊS. Jari-Matti Latvala vai arrancar em sexto, com a pista desenhada ao pormenor por adversários muito rápidos

Foto acp motor sport

O Rali de Portugal arranca esta quinta-feira com a classificativa do circuito de Lousada. Até domingo muita emoção e muito público nas florestais do Minho

Há quatro anos, quando Michéle Mouton fez a volta de reconhecimento no Rali Sprint de Fafe e viu a multidão aglomerada na famosa descida do Confurco (onde a classificativa desce até à estrada Moreira de Rei-Celorico de Basto para voltar a subir o monte) comoveu-se de tal forma que teve que parar o carro. A vencedora da edição de 1982 do Rali de Portugal reencontrava aquilo que conhecera ao volante do Audi Quattro: o troço que tão bem conhecia ladeado por milhares de pessoas a perder de vista.

Ainda não era o regresso do Rali de Portugal à sua pátria, ou seja às terras do norte, mas já o prenunciava. Tal como no ano passado, a prova, pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis, WRC 2 e WRC 3 volta a troços que, de uma forma aproximada, recriam os itinerários mais a norte por onde Markku Alen, Hannu Mikkola, Bjorn Waldegaard, Colin McRae ou Carlos Sainz passaram.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)