Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Parte da receita com o Renato Sanches pode ser usada em reforços”

  • 333

Soares de Oliveira, administrador financeiro do Benfica

joão lima

Receita de 35 milhões entra já, os demais 45 milhões dependem de condições. Soares de Oliveira garante que não há pressão dos bancos e que a receita pode ser usada para reforços. Formação de Renato custou cerca de 1% do encaixe. Agentes terão recebido 10% do negócio. Pode haver mais vendas no Benfica. E novas contratações

Pode haver novas vendas de jogadores, quer até a 30 de junho [quando termina o ano económico do Benfica, que coincide com a época de futebol], quer depois disso”. No dia em que o Benfica selou a venda de Renato Sanches ao Baynern de Munique, Domingos Soares de Oliveira explica ao Expresso para que vai servir o dinheiro. Incluindo novos reforços.

“Esta operação tem um significado muito importante”, afirma o administrador financeiro da sociedade anónima desportiva, “não apenas pelos 35 milhões, mas pelo valor adicional que ainda pode gerar”.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)