Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Inaugurado por Sua Excelência: todos querem ficar na fotografia, incluindo Passos

  • 333

INAUGURAÇÕES. Passos Coelho e Basílio Horta a inaugurar um lar de idosos em Sintra

JOSÉ CARIA

Inaugurar é, regra geral, a parte boa do ato de governar. A decisão pode ter sido polémica, a construção pode ter demorado e o custo derrapou de certeza, mas, na hora de cortar a fita, todos querem ficar na fotografia. Incluindo Passos Coelho

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

Político que nunca inaugurou que atire a primeira pedra. O ato de inaugurar é quase tão natural num político como o de respirar em qualquer um de nós. Alberto João Jardim que o diga: em 37 anos como presidente do Governo Regional da Madeira marcou presença em mais de 5000 inaugurações – qualquer coisa como quase catorze anos a descerrar uma placa por dia. Jardim fez do betão a marca de água da sua governação.

O seu nome está por todo o lado: desde os parques de estacionamento de supermercados no Funchal aos túneis que atravessam a ilha, desde os hotéis da costa sul aos caminhos agrícolas nas encostas a norte. Aí está um social-democrata sem qualquer pejo nem preconceito em associar-se às obras públicas (ou privadas), as mesmas que a retórica parlamentar recente dos partidos da direita arruma na pasta com o nome “despesismo socialista”.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)