Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

À maneira dele

  • 333

ilustração de mário henriques

38 anos na companhia de Prince, um revolucionário que não era homem nem mulher; era uma coisa que nunca ninguém compreenderá

Jorge Lopes

Produced, Arranged, Composed and Performed by Prince.” Pega-se em praticamente qualquer álbum de Prince publicado entre 1978 e 2016 e é isto que se lê na contracapa. As coisas foram sempre, ou quase sempre, feitas à maneira dele. Aos 19 anos persuadiu a Warner a deixar o controlo criativo, mais os direitos de publishing, nas suas mãos. Não era generosidade típica de uma corporação do entretenimento daquela época nem o é agora.

Em poucos discos, Prince derrubou as paredes que delimitavam a imaginação do funk da da soul, do R&B, do rock, da pop, da new wave, do jazz. Derrubar paredes nunca foi coisa nova. O que não é costume é arrasar tantas e com tanta naturalidade. Ouça-se a primeira parte de “Parade”, o álbum de 1986 com os Revolution: sete canções que passam em menos de 20 minutos, fluindo entre o raiar do silêncio e a revoada caótica de sons psicadélicos. (Divagar assim exige uma disciplina paramilitar de Prince e sobretudo dos músicos que o rodeiam – veja-se qualquer concerto seu ou fique-se, por exemplo, pela interpretação de 'Baby I’m a Star' durante uma invasão de palco nos Grammys de 1985.)

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Prince morreu de overdose? Site TMZ sugere que sim

    O site de celebridades que noticiou em primeira mão a morte de Michael Jackson e de Prince garante que o cantor de Minneapolis recebeu tratamento hospitar por overdose há uma semana. Terá abusado novamente das drogas? Autópsia dissipará as dúvidas

  • Um mistério chamado Prince (1958-2016)

    Prince morreu esta quinta-feira, aos 57 anos. Há dois anos, quando o génio de Mineápolis se preparava para regressar aos discos, Rui Miguel Abreu tentou ver para lá do nevoeiro e traçou o perfil de um dos artistas mais completos e imprevisíveis de sempre

  • O Princípio de Prince

    Há coisas que todos nós sempre quisemos saber sobre ele: que altura tem? Deitou-se com aquelas mulheres? Quem são os pais? E de que cor são? Quem é o alfaiate dele? Julga-se o Napoleão? O Mozart? Afinal, o que todos sabemos é que ele foi um génio... No dia em que Prince Roger Nelson morreu, republicamos um texto de 5 de agosto de 1989