Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Secretário de Estado demissionário: “Foi um avolumar de situações contrárias à minha forma de gerir recursos”

  • 333

Wengorovius Meneses falou ao Expresso e revela que desentendimentos com ministro tiveram a ver com diferenças na gestão de equipas

Helena Pereira

Helena Pereira

Texto

Editora de Política

Alberto Frias

Foto

Fotojornalista

Alberto Frias

"Não saí por nenhum episódio em especial, mas por um avolumar de situações contrárias à minha forma de gerir recursos, pessoas e maneira de estar na política". É assim que o demissionário secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Wengorovius Meneses, explica, em declaração ao Expresso, a saída abrupta do Governo, quatro meses depois da tomada de posse.

Ao que o Expresso apurou, as divergências prendiam-se com a escolha de pessoas para alguns cargos, sendo que nos últimos tempos também a relação entre o secretário de Estado e o seu chefe de gabinete (mais próximo do ministro, Tiago Brandão Rodrigues) se tinha degradado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso)