Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O mais quente dos rumores é que vamos ter Darth Vader

  • 333

STAR WARS. Vamos ter novo episódio no Natal. Primeiro trailer de “Rogue One” foi divulgado quinta-feira

d.r.

Ouvimos um piano lá ao fundo - simples, preocupado. Conhecemos aquelas notas - são as notas de sempre, mas agora mais despidas, obscuras. É assim que começa o primeiro trailer do próximo Star Wars. Depois aquilo cresce, fica frenético de um modo lento e acaba com uma pergunta: no que é que te vais tornar? Nuno Galopim analisa, explica, antevê

A euforia global pela revelação das imagens pode não ter sido a mesma que, ainda em finais de 2014, assistiu à revelação do primeiro teaser para o filme que entretanto reativou, em finais de 2015, a presença do universo no grande ecrã. Mas as primeiras imagens de “Rogue One: A Star Wars Story”, que tem estreia marcada para 15 de dezembro, parece ter deixado satisfeitos os muitos admiradores da saga criada em 1977 por George Lucas e que, depois deste, tem já uma série de outros filmes com estreia agendada nos próximos anos, a um ritmo sem precedentes neste universo cujas histórias decorrem há muito tempo, numa galáxia muito distante.

O primeiro trailer de “Rogue One” deixa evidente que, tal como em “O Despertar da Força” de 2015, o protagonismo cabe aqui novamente a uma figura feminina. Trata-se de Jyn Erso, uma “rebelde” (como ela mesma o diz), interpretada por Felicity Jones e que, pelas falas e imagens agora mostradas, tanto é apresentada (com elogios) entre as forças que tentam combater a ordem vigente como parece ser detida por stormtroopers com um rol de acusações nas quais se destaca a falsificação de documentos e a posse de material imperial.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso)