Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“As autárquicas não vão ser determinantes para a liderança” de Passos

  • 333

rui duarte silva

O novo coordenador autárquico dos sociais-democratas, Carlos Carreiras, esvazia o balão e vem dizer que o futuro de Passos não depende do resultado das eleições de 2017

Helena Pereira

Helena Pereira

Texto

Editora de Política

Pedro Passos Coelho depende apenas de si próprio. As eleições autárquicas não vão ser determinantes para a liderança. Tem essa liderança perfeitamente assegurada.” O novo coordenador autárquico, Carlos Carreiras, relativiza o eventual impacto do resultado das eleições autárquicas de 2017 na liderança de Passos, reforçada no congresso do PSD que decorreu este fim de semana, em Espinho.

O presidente do partido traçou dois objetivos nítidos: ter mais câmaras e mais freguesias do que o PS. Carreiras, que era até este congresso um dos vice-presidentes do PSD e que passou agora a coordenador autárquico, confia que a liderança está e ficará “assegurada”. “A responsabilidade do resultado autárquico vai ser minha e dos candidatos a cada um dos concelhos e a melhor forma do partido demonstrar apoio ao líder é ganhar as eleições autárquicas”, afirma ao Expresso Diário.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso)