Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Daesh ameaça Portugal, Europol nunca nos pediu tanta ajuda

  • 333

SUSPEITOS. Os atentados terroristas cometidos em Paris, em janeiro e em novembro do ano passado, podem ajudar a explicar esta subida de pedidos de auxílio

VINCENT KESSLER / REUTERS

Propaganda do Daesh menciona o nome de Portugal e da Hungria uma semana depois dos ataques em Bruxelas. E acava de sair um relatório que revela que Portugal recebeu mais de cem pedidos de colaboração da Interpol e Europol para casos de terrorismo

As autoridades portuguesas estão a analisar há dois dias “com muita atenção” uma mensagem colocada pelos canais de propaganda do Estado Islâmico (Daesh) para perceber o o seu grau de gravidade. A frase menciona diretamente Portugal: “Hoje Bruxelas e o seu aeroporto, e amanhã pode ser Portugal e a Hungria”.

Segundo o Expresso pôde apurar junto de algumas fontes contactadas, embora “não existam razões para alarmismos”, a mensagem é considerada “válida”. Ou seja, a sua origem é tida como sendo próxima da organização terrorista que levou a cabo os atentados mais recentes em Bruxelas e em Paris.

E surge uma semana depois dos ataques realizados no aeroporto e da estação de metro de Maelbeek, na capital belga, que matou 32 pessoas e feriu cerca de 300.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI