Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Bastonário da Ordem dos Médicos: “20 a meter a mão não é ético”

  • 333

FORMAÇÃO. País prepara cerca de 1800 médicos por ano e a Ordem dos Médicos defende que deveriam ser menos 500, num total de 1300

JOSÉ CARLOS CARVALHO

José Manuel Silva garante que o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior “parece não estar devidamente informado” sobre a formação excessiva de médicos e quer apresentar-lhe os “fundamentos matemáticos”. Audiência vai ser pedida nos próximos dias

Os médicos garantem que o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, falhou no diagnóstico quando disse, em entrevista ao Expresso, “que há um défice de qualificações em todas as áreas, incluindo em Medicina” e que esta é “uma área com princípios muito corporativos”. O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), José Manuel Silva, garante que a realidade é outra e quer reunir-se com o governante, porque, “pelas declarações que proferiu, não parece estar devidamente informado”.

A audiência com Manuel Heitor vai ser pedida nos próximos dias e tem como objetivo “mostrar o ponto de vista e os fundamentos matemáticos” a favor da redução do número de vagas universitárias para Medicina. O país forma atualmente cerca de 1800 médicos e, segundo a OM, “já com margem de segurança, deveria formar até 1300”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI