Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Fundação Gulbenkian cria o novo mapa de Portugal para a globalização

  • 333

COMPETIÇÃO. Arco Metropolitano de Lisboa: uma macrorregião para competir no mundo globalizado, com 4,1 milhões de habitantes, centrada na capital e que se estende até Leiria, Santarém, Tomar, Évora e Sines

ANA BAIÃO

As velhas rivalidades Porto/Lisboa, litoral/interior e cidade/campo estão a passar à História. A Fundação Gulbenkian lança amanhã um novo estudo sobre o Arco Metropolitano de Lisboa que mostra uma geografia do país muito diferente das ideias dominantes na cultura popular

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

Redator Principal

Há um novo mapa de Portugal que se tem construído nos últimos anos e que está a tornar obsoletas ideias feitas que temos nas nossas cabeças sobre a geografia e a dinâmica territorial do país real, como a rivalidade Porto/Lisboa ou norte/sul, a dualidade litoral/interior, a oposição cidade/campo ou os limites das áreas metropolitanas.

O problema não é apenas o que se passa na cultura popular, mas o facto de estas ideias fazerem ainda hoje parte da visão que muitos dirigentes têm na administração pública, nas autarquias, nas empresas, nas associações, nas universidades, nos centros de investigação e noutras organizações. Visão que leva estes dirigentes a tomarem decisões erradas, longe do que se está a passar no país real.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI