Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Nuno Melo é o eurodeputado português que participou em menos votações

  • 333

PRESENTE. Nuno Melo numa das sessões do Parlamento Europeu

luís barra

Dos 21 eurodeputados portugueses, o vice-presidente do CDS é aquele que menos votações nominais tem em plenários. Nuno Melo justifica as ausências com as últimas eleições legislativas em Portugal, em que se dedicou à “campanha nacional”

Mariana Bandeira

O eurodeputado Nuno Melo ocupa o último lugar dos portugueses na lista de participações em votações nominais nos plenários do Parlamento Europeu. Em declarações ao Expresso, Nuno Melo sublinha que isso se deve “exclusivamente à campanha nacional nas legislativas”.

“Passei um mês na estrada ao lado de Passos e de Portas. Basta fazer as contas”, explica o vice-presidente do CDS, que recentemente decidiu não avançar com a candidatura à liderança do partido com a justificação de que “há pessoas em melhores condições”, referindo-se a Assunção Cristas.

A exercer funções desde as eleições europeias de 2009, a última atividade parlamentar de Nuno Melo foi uma pergunta à Comissão Europeia, no final de janeiro, relacionada com o caso Banif.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI