Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Encontro histórico de Francisco e Kirill... em Cuba

  • 333

Os líderes das Igrejas Católica e Ortodoxa, separadas há quase mil anos, vão estar juntos esta sexta-feira em Havana

Luís M. Faria

Jornalista

Em 1998, João Paulo II foi a Havana encontrar-se com Fidel Castro. O evento foi descrito como histórico, e teria provavelmente contribuído para um degelo entre Cuba e os Estados Unidos, não fosse o caso de o escândalo com Monica Lewinsky eclodir exatamente nessa altura, anulando qualquer impacto popular que a visita do Papa pudesse ter nos EUA e impedindo o presidente Bill Clinton de avançar com iniciativas polémicas.

Dezoito anos mais tarde, um outro encontro histórico envolvendo um chefe da Igreja Católica acontece amanhã em Havana. Desta vez trata-se de um Papa bastante diferente, e o homem com quem se encontra é o chefe de outra Igreja cristã – ou, mais precisamente, de uma parte dessa Igreja.

Kirill II, patriarca de Moscovo, representa apenas a Igreja Ortodoxa Russa. Mesmo entre os líderes das confissões ortodoxas, o primus inter pares não é formalmente ele, e sim o Patriarca de Constantinopla.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI