Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Nomes próximos de Costa no conselho de administração da TAP

  • 333

tiago miranda

Estado nomeará seis elementos para o conselho de administração da TAP. Contactados pelo Expresso, Luís Patrão não comenta ter sido convidado e Diogo Lacerda Machado diz não ter tido “nenhuma conversa sobre esse assunto”. Mas os dois são dados como certos na composição daquele órgão

Menos de 48 horas depois de o Governo ter chegado a acordo com os novos donos da TAP no sentido de recuperar 50% do capital da empresa, por €1,9 milhões, conforme avançou o Expresso, começam a surgir os primeiros nomes que poderão vir a representar o Estado no conselho de administração da empresa. “O Estado passa a ter 50% das ações da TAP e o conselho de administração será paritário (seis elementos nomeados pelo Estado e seis pelo consórcio)”, detalhou ao Expresso o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, horas antes da assinatura do memorando de entendimento com os acionistas privados da companhia.

Segundo a edição do “Jornal de Negócios desta segunda-feira, Luís Patrão e Diogo Lacerda Machado deverão ser dois dos seis membros que o Governo vai nomear para o conselho de administração da TAP. Contactados pelo Expresso, Luís Patrão não comenta e Diogo Lacerda Machado diz não ter tido “nenhuma conversa sobre esse assunto”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

  • Acordo na TAP: empresa fica 50% pública

    Governo e acionistas privados da companhia assinam memorando de entendimento este sábado. Estado paga 1,9 milhões de euros para ficar com 50% das ações e escolhe presidente do conselho de administração, que passa a ter voto de qualidade. O Expresso reuniu-se com o ministro Pedro Marques e com David Neeleman e Humberto Pedrosa na sexta à tarde e conta-lhe todos os detalhes do acordo

  • A verdade em seis pontos sobre o negócio da TAP

    Afinal o Governo fica com 50% do capital ou com 50% dos direitos de voto? Saiba todos os pormenores que estão por detrás da notícia que dá conta de um acordo histórico entre o Governo e os acionistas privados da TAP