Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Procuradoria não abriu qualquer inquérito criminal no Banif

  • 333

nuno botelho

Comissão parlamentar de inquérito tomou posse esta quarta-feira. Partidos da esquerda vão concertar posições

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou a Assembleia da República de que não está a correr nenhum inquérito criminal relacionado com o BANIF. Nem sobre a gestão do banco, nem sobre a enorme desvalorização dos seus ativos, nem sequer sobre a fuga de informação dando conta do iminente fecho do banco, que provocou uma corrida aos depósitos na semana antes de ser anunciada a resolução do banco e a venda do seu negócio ao Santander Totta.

Segundo a informação enviada por requerimento do Parlamento, a PGR tem em curso apenas "averiguações" sobre o que se terá passado no Banif antes da sua resolução. Isto significa que, do ponto de vista do segredo de justiça, não há qualquer limitação aos trabalhos dos deputados que esta quarta-feira tomaram posse na comissão parlamentar que vai investigar o que se passou no banco nos últimos anos, até à decisão de dezembro.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI