Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Sanders e Trump, as surpresas que vieram do extremo

  • 333

CAMPANHA. O senador do Vermont Bernie Sanders pode ser a surpresa do Partido Democrata no caucus de hoje no Iowa. No Partido Republicano poderá ser Donald Trump

MARK KAUZLARICH

As ondas de entusiasmo em redor de Donald Trump e Bernie Sanders obrigaram as máquinas republicana e democrata a reajustar-se. Ao Expresso, políticos de ambos os lados revelam que estão apreensivos, mas divertidos. A primeira grande prova para as eleições de 8 de novembro é esta segunda-feira, no Iowa

A América começa hoje a escolher os candidatos republicano e democrata às presidenciais de 8 de novembro. O tiro de partida é dado no Iowa e a corrida seguirá estado a estado até às convenções de final de julho, que poderão vir a aclamar duas surpresas: Donald Trump, o multimilionário da direita, e Bernie Sanders, o social-democrata da esquerda, senador do Vermont.

Embora ainda não estejam em confronto direto, ambos maltratam-se em público, por representarem o extremo ideológico dos respetivos partidos. Trump apelida Sanders de “socialista maluco” que tem o objetivo de “transformar os Estados Unidos numa Suécia”, enquanto senador do Vermont, que na câmara alta do Congresso sempre se assumiu como independente, classifica o magnata de “racista” e “populista”. O tom apaixonado dos seus discursos atrai massas como nenhuma outra candidatura, enchendo pavilhões do litoral urbano à América profunda rural.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI