Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Costa acusa Passos de ter enganado Bruxelas

  • 333

FOTO LUÍS BARRA

No debate quinzenal desta sexta-feira, o primeiro-ministro começou por falar sobre a modernização do Estado mas foi o Orçamento do Estado para 2016 que acabou por dominar a discussão no Parlamento. Falou-se do futuro e do passado, num pingue-pongue de acusações sobre credibilidade

Credibilidade foi provavelmente a palavra mais repetida esta manhã no parlamento. António Costa começou por abordar a temática da modernização do Estado no debate quinzenal, mas - tal como seria de esperar - a oposição desde logo questionou o primeiro-ministro sobre as dúvidas levantadas pela Comissão Europeia e pela Unidade Técnica de Apoio Orçamental relativamente ao esboço do Orçamento do Estado (OE) para 2016. Passos Coelho ironizou, dizendo que faria um favor ao Chefe do Governo ao dar-lhe tempo para explicar as dúvidas sobre o documento.

“Nesta altura em que o país está a sair de uma crise como não teve paralelo em mais de 40 anos de democracia, em que é necessário instalar previsibilidade e confiança no processo orçamental para que não se sobreponha a outras matérias importantes, era fundamental que o Governo tranquilizasse o país sobre o OE”, declarou o líder dos sociais-democratas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI