Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

João Soares: “Estátuas não seriam tapadas em Portugal”

  • 333

PUDOR Por autocensura ou a pedido do Irão (não ficou claro), as estátuas do Museu Capitolino foram escondidas durante a visita de Rouhani

FOTO GIUSEPPE LAMI/EPA

As autoridades de Roma e Teerão sacodem a água do capote em relação à polémica das estátuas de nus que foram tapadas em Itália em sinal de respeito pelo presidente do Irão. João Soares garante que não autorizaria semelhante gesto em Portugal

Em Portugal “nenhuma estátua seria tapada” para agradar a um dirigente estrangeiro. Quem o assegura é o ministro da Cultura, João Soares, que considera “disparatado” o que se passou anteontem, em Roma, durante a receção do primeiro-ministro italiano ao Presidente do Irão. No Museu Capitolino, que Hassan Rouhani visitou guiado por Matteo Renzi, as estátuas de nus foram cobertas com tapumes, para não ofender o chefe de Estado iraniano.

O governante italiano foi criticado, à esquerda e à direita, por aquilo que muitos consideraram uma cedência injustificada, ou motivada pelo facto de no âmbito da visita irem ser celebrados negócios bilaterais no valor de 17 mil milhões de euros. Renzi também foi censurado por não ter abordado a questão dos direitos humanos nos discursos oficiais.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI