Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Jogo, set, partida. E corrupção

  • 333

RETIRADO Nikolay Davydenko já se retirou do circuito, mas está no centro da investigação à corrupção no ténis

GONZALO FUENTES/REUTERS

O Open da Austrália começou mas não foi disso que se falou hoje no mundo do ténis: uma investigação revelou que pelo menos 16 jogadores de topo terão estado envolvidos em jogos com resultados combinados. Perguntámos a Rui Machado como é que isto é possível

Os modernos conjuntos de calções curtos e camisolas garridas podem ter substituído os clássicos de calças brancas e casacos de malha há muitos anos (ainda assim, temos sempre Wimbledon para recordar os bons velhos tempos), mas a imagem do ténis, historicamente, foi sempre a de um desporto de cavalheiros. Pelo menos até hoje.

Ou, melhor dizendo, até 2007. É que foi aí, num jogo bizarro de Nikolay Daveydenko (já lá vamos) que tudo começou, revelou hoje uma investigação conjunta da BBC e do Buzzfeed, que conclui que pelo menos “16 jogadores que passaram pelo top 50 mundial foram apontados à Unidade de Integridade do Ténis como suspeitos de estarem envolvidos em jogos com resultados combinados.” E mais: alguns desses jogadores já conquistaram torneios Grand Slam e oito deles (os nomes não foram revelados) estão atualmente a participar no Open da Austrália, que começou hoje.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI