Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O futebol virou as costa ao Porto

  • 333

PARA ONDE VAIS? Depois do jogo com o Rio Ave, Lopetegui disse que ia dormir e acordar com forças para continuar

JOSÉ COELHO/LUSA

A polémica está lá: jogadores e administradores estão contra Lopetegui, que só continua porque Pinto da Costa o segura; a ameaça de boicote de adeptos no jogo contra o Rio Ave; os prémios chorudos ao filho do presidente; e a reorganização do Porto Canal

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Um ano depois de chegar ao Dragão, até ao analista mais desatento já percebeu que ninguém gosta de Julen Lopetegui, nem ninguém está contente com a teimosia do líder portista em manter um treinador mal-amado pelos jogadores, adeptos e administradores.

O período de tolerância para com o técnico basco baixou para os mínimos desde que a equipa do FC Porto foi eliminada da Liga dos Campeões. Sem vencer há três jogos, o clima é de guerra surda no balneário e de guerra aberta contra Lopetegui entre os adeptos.

Após a derrota com o Sporting, tal como nas horas que se seguiram ao desaire com o Chelsea, mais de duas centenas de simpatizantes acorreram ao Dragão para insultar o treinador, pairando no ar a promessa de um boicote ao jogo frente ao Rio Ave, seguido de uma manifestação anti-Lopetegui.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI