Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Subcomissário da PSP filmado a agredir adepto do Benfica em Guimarães voltou ao serviço

  • 333

CONDENAÇÃO. Subcomissário Filipe Luís foi condenado agora a 200 dias de suspensão. Como estava com uma suspensão cautelar, já cumpriu a maior parte da pena

FOTO CMTV

Processo disciplinar ficou concluído a 30 de dezembro. Filipe Silva foi condenado a 200 dias de suspensão, mas direção nacional da PSP só foi oficialmente notificada pela IGAI esta terça-feira, o que fez com que subcomissário regressasse ao serviço 17 dias antes do que era suposto

Depois de duas suspensões preventivas de 90 dias cada, enquanto a sua atuação esteve a ser investigada internamente, o subcomissário Filipe Silva, filmado a 17 de maio do ano passado a agredir um adepto do Benfica à saída do Estádio D. Afonso Henriques, voltou esta terça-feira ao ativo na esquadra de Guimarães. “O subcomissário retomou hoje as suas funções em virtude de ter terminado o prazo máximo de suspensão preventiva”, revela Henrique Gomes Figueiredo, presidente do Sindicato Nacional dos Oficiais de Polícias.

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, enviou um despacho a dar conhecimento da sua decisão final sobre o processo disciplinar do subcomissário à Direção Nacional da PSP, ao advogado do subcomissário e à Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) no dia 30 de dezembro, um dia antes de terminar o prazo da medida de coação aplicada a Filipe Silva, mas oficialmente tem de ser a IGAI a notificar a PSP das conclusões do caso, para que a pena dedicida possa ter efeito. E isso, ao que o Expresso apurou, aconteceu apenas esta terça-feira.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI