Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Reunião histórica da Reserva Federal. E se as taxas voltam a subir?

  • 333

reuteres

Janet Yellen, presidente do banco central americano, pode anunciar hoje o primeiro aumento da taxa diretora desde 2006. A taxa está em ‘zero’ desde dezembro de 2008, no pico da crise financeira

Às 19 horas de hoje, o mundo irá parar para conhecer a decisão do comité de política monetária da Reserva Federal (Fed) dos EUA, o FOMC. A expetativa de uma subida da taxa diretora é elevada, depois de ter sido adiada por diversas vezes ao longo deste ano. A taxa de juro do dólar – a fed funds rate – está a zero (mais concretamente entre 0% e 0,25%) desde o final de 2008 e, a confirmar-se, será a primeira subida em quase dez anos.

A economia americana está a recuperar, o desemprego está próximo de 5% e, apesar de a inflação se manter ainda muito baixa (0,5% em novembro), a Fed acha preferível começar a apertar o cinto. Resta saber se a decisão acontece mesmo e qual o ritmo a que as taxas irão subir. Compreenda o que está em jogo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI