Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

"Não é possível regressar às moedas nacionais na zona euro a menos que algo terrível aconteça"

  • 333

reuters

O Nobel da Economia lembrou hoje, em Lisboa, que houve erros na construção da moeda única e que os problemas foram ainda maiores do que os mais céticos pensavam. Mas voltar atrás não é possível

Paul Krugman não tem dúvidas que houve erros graves no desenho da zona euro no início da década de 90. O ideal, diz o Nobel da Economia, seria voltar atrás e não tomar a decisão. Até porque a crise da dívida não foi nada do que o mais céticos - como era o seu caso - esperavam nessa altura. "Foi ainda pior". Só que não é possível voltar atrás.

O economista norte-americano participou hoje na conferência de homenagem a José da Silva Lopes, promovida pelo Banco de Portugal, onde lembrou a sua relação com o ex-ministro das Finanças e ex-governador do Banco de Portugal - iniciada nos anos 70 quando esteve em Lisboa com um conjunto de alunos e professores do MIT - e fez uma apresentação intitulada “Correcting the euro mistake”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI