Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Esqueçam tudo o que aprenderam na escola sobre Matemática”

  • 333

AUTOR. O matemático russo vive atualmente nos Estados Unidos, onde é professor na Universidade de Berkeley

josé caria

Edward Frenkel, um dos maiores matemáticos da atualidade, lamenta que as escolas continuem a ensinar a disciplina como se a Terra fosse plana. O autor de “Amor e Matemática“, um bestseller nos Estados Unidos, esteve domingo em Portugal para uma palestra na Universidade de Lisboa, onde defendeu que é urgente uma revolução no ensino. O matemático russo, atualmente a viver nos Estados Unidos, corre o mundo para revelar como a Matemática está a invadir as nossas vidas e está por trás de tudo. Até da crise económica

Joana Pereira Bastos

Joana Pereira Bastos

Texto

Jornalista

José Caria

José Caria

Fotos

Fotojornalista

Muitas pessoas, de diferentes gerações, dizem que odeiam matemática. Por que razão acha que isso acontece?
Muita gente tem uma relação traumática com a Matemática. Uma das razões tem a ver com o facto de o ensino da Matemática, tal como é feito na grande maioria das escolas, dar demasiado ênfase à resposta. Em vez de se encorajar os nossos alunos a serem curiosos e a procurarem a resposta, nós exigimos que eles a deem. O ensino baseia-se quase exclusivamente em testes e em ver em quem é mais rápido a encontrar a resposta. E muitos sentem-se embaraçados e inferiores porque não conseguem fazê-lo. Essa dor fica. Até podem depois não se lembrar do incidente concreto, mas o trauma ficou lá. Por outro lado, a escola não expõe os alunos à verdadeira beleza da matemática.

Porquê?
A maioria dos conteúdos que são ensinados nas aulas de matemática têm mais de mil anos e isso é verdadeiramente escandaloso e seria impensável numa aula de Ciências. Era o mesmo que continuarmos a ensinar às crianças que a Terra é plana.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI