Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Tentei não afadistar as músicas”

  • 333

rita carmo

De 10 a 12 de dezembro, a fadista de Barcelos leva ao palco do teatro São Luiz, em Lisboa, o espetáculo Caixinha de Música. Nestas três noites, Gisela João quer mostrar que há muitos sons em si, além do fado; com os músicos que habitualmente a acompanham, mas também com uma banda e algumas surpresas, uma das revelações mais incandescentes da música portuguesa dos últimos anos vai dar voz a 15 temas de outros artistas, escolhidos para si por uma ‘equipa’ de amigos. E que voz

LIA PEREIRA (texto), RITA CARMO (fotos), JOANA BELEZA (vídeo)

Quando chegamos aos estúdios da Valentim de Carvalho, num final de tarde frio e ventoso, Gisela João circula de camisolão de malha e chávena de chá, bem fumegante, aquecendo as mãos. Confessando-se ansiosa com a tarefa que tem pela frente – levar 15 canções de artistas pop e rock, jazz e soul, portugueses e de outras nações, ao palco do São Luiz –, a cantora não esconde, também, o entusiasmo.

Ainda que o alinhamento completo do espetáculo deva permanecer no segredo dos deuses até à estreia de Caixinha de Música, sabemos já que, de 10 a 12 de dezembro, Gisela cantará vultos de todos os quadrantes e gerações como Nick Cave, Amy Winehouse ou Serge Gainsbourg.

Para o Expresso, ensaiou ‘Every Time We Say Goodbye’.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI