Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Einstein Superstar

  • 333

REBELDIA. Albert Einstein pôs a língua de fora quando os fotógrafos o apanharam no seu 72º aniversário, a 14 de março de 1951

ARTHUR SASSE/GettyImages

Amanhã, quarta–feira, celebram–se os 100 anos da apresentação pública da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein, que aconteceu na Academia Prussiana das Ciências, em Berlim, a 25 de novembro de 1915. A famosa teoria mantém-se atual e cientistas de todo o mundo, incluindo de Portugal, continuam a basear–se nela para investigarem os segredos do cosmos

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

Redator Principal

Euclid é um telescópio espacial europeu concebido com o objetivo de estudar a natureza da energia escura e da matéria escura, através de medições detalhadas da expansão acelerada do Universo e da força da gravidade à escala cósmica. A energia escura é uma forma hipotética de energia que estaria distribuída por todo espaço e tende a acelerar a expansão do Universo. E a matéria escura é uma forma de matéria que supostamente não interage com a matéria comum mas apenas gravitacionalmente, o que significa que a sua presença pode ser inferida a partir de efeitos gravitacionais sobre a matéria visível, como as estrelas ou as galáxias.

A Agência Espacial Europeia (ESA) tem previsto o lançamento para 2020 do Euclid (um nome inspirado no matemático grego da Antiguidade), que vai mapear durante seis anos a estrutura em grande escala do Universo até aos 10 mil milhões de anos–luz, revelando cerca de 3/4 da história da sua expansão e da formação dessa estrutura (a idade do Universo está estimada em cerca de 13,82 mil milhões de anos).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI