Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Jiadistas portugueses são protagonistas de quatro vídeos do Estado Islâmico

  • 333

JIHAD. Em abril de 2014, Abu Issa Al- Andalus apelava aos muçulmanos para se juntarem à “guerra santa” na Síria

d.r.

O vídeo do Daesh divulgado um dia antes dos atentados de Paris, que mostra dois irmãos de Massamá, não é o primeiro com terroristas lusos. E não será com certeza o último. Autoridades garantem que o grupo de portugueses é “pequeno mas influente”

Palavras sussurradas em árabe, música marcial, imagens de guerrilheiros de cara tapada, um edifício histórico em ruínas no meio de campos de oliveiras. Em dezembro de 2012, o jiadista Nero Saraiva surgia num vídeo de propaganda de uma brigada de estrangeiros que combatia o regime de Bashar al-Assad, na Síria. Era a primeira vez que um cidadão nacional dava o rosto pelo grupo terrorista.

O português surge, aos 1m09s, vestido com um camuflado cinzento de guerra, um boné militar e segura uma AK-47. O dedo indicador direito está perto do gatilho mas pelo sorriso rasgado que exibe não parece haver intenção em disparar a arma russa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI